Negativo

Uma má notícia."A decisão de alienação das 85 obras do pintor catalão não foi tomada pelo Estado e sim pelo conselho de administração da Parvalorem, sociedade cujo único accionista é o próprio Estado", diz a juíza do Tribunal Administrativo de Lisboa... Às vezes, acho que este país não é real.