Assustador

Este cenário é assustador, sobretudo quando ocorre em sociedades que necessitam urgentemente de começar a actuar na pirâmide etária, aumentando a sua base, para garantir a renovação populacional, resumidamente, a sua própria sustentabilidade.

Lembro, no caso português, que em 2012 o número de nascimentos baixou a um nível histórico, cifrando-se abaixo dos 90.000, sendo que no mesmo ano registaram-se mais de 107.000 óbitos. O país terá cerca de 14% de jovens e mais de 19% de cidadãos com mais de 65 anos (no total da população). Os dados que refiro foram publicados em 2013.