Interpretação

Joaquim, o tradutor, engana-se e lança o caos na Europa. Projecta para o espaço transacional o seu próprio caos interior. Ou projecta para o seu "eu" o caos transacional. "É o efeito dominó, ou talvez o borboleta, ou a bola de neve, ou teoria da batata. Um erro se for certo gera erro tão maior, no fim o que era erro já só é um pormenor" porque, ao fim e ao cabo, "a tradução não é má, a coisa é que está feia". Seja como for, vale a pena ver "Interpretação", peça escrita por Jacinto Lucas Pires e interpretada por Tiago Rodrigues com o Coro de Câmara da Escola Superior de Música de Lisboa. Nem que seja para perceber, ou não, porque razão importámos 56.234 coxas de rã. Na Culturgest, para quem andar por Lisboa nos próximos dias.