Para saber mais sobre as direitas portuguesas

Ao contrário daquilo que acontece em Itália, França, Espanha e na maioria dos países anglo-saxónicos, a historiografia portuguesa nunca revelou grande interesse pelo estudo das diversas direitas em Portugal. Pois bem, o italiano Riccardo Marchi coordenou o volume Ideias e Percursos das Direitas Portuguesas, que pretende ser um ponto de partida para um melhor conhecimento das ditas. Com textos de Rui Ramos, Luís Reis Torgal, Henrique Raposo, Jaime Nogueira Pinto, Miguel Dias Santos, entre outros, a obra aborda correntes como o Miguelismo, o Sidonismo, o Integralismo Lusitano, a Acção Realista, a Direita Monárquica, a Direita Católica, o Nacionalismo Revolucionário, as Direitas e a Nova Direita no Portugal Democrático, bem como os contextos históricos em que se desenvolveram. Um livro importante para quem se interessa por ir além dos lugares-comuns que conduzem  a uma visão parcial de uma suposta dicotomia esquerda-direita.