Razões históricas

Hoje, no Jornal da Madeira, o Dr. Jardim explica as condicionantes históricas que que tiveram papel activo na construção da sociedade madeirense e que conduziram, em ultima análise, a que ele próprio de mantivesse no poder durante quase 40 anos. Fala do medo a que a extrema pobreza conduz (esquece-se o Dr. Jardim de que há mais formas de pobreza para além da material) e fala das relações de dependência a que a necessidade de sobreviver induz. Se foi nesta base que se desenvolveram as relações de poder ao longo da História do arquipélago, foram igualmente estas as premissas que justificaram os últimos 40 anos. Muito bem, Dr. Jardim. Hoje, estou de acordo consigo, mesmo sabendo que acabou por dizer aquilo que não queria dizer.